Todos os pacientes que forem realizar cirurgia deverão passar por uma avaliação pré-anestésica. Esta consulta é de extrema importância por oferecer ao paciente que irá se submeter à anestesia e consequentemente a uma cirurgia, uma avaliação específica para o ato anestésico.

Como exemplo, citamos duas condições imprescindíveis em que o anestesista precisa avaliar para praticar a anestesia segura em um paciente:

1-     Incompatibilidade de algum medicamento usado pelo paciente com um anestésico que será utilizado durante a anestesia.

2-     Avaliação dos níveis do Malampatt. O anestesista que irá realizar a anestesia já se previne quanto ao nível de dificuldade que encontrará para a realização da intubação oro ou nasotraqueal.

É comprovado que o nível de estresse de um paciente que passou por uma avaliação anestésica, diminui consideravelmente.

Segundo o protocolo do Instituto de Otorrino, a consulta pré- anestésica é obrigatória e o paciente somente poderá ser submetido à cirurgia se for considerado apto pelo anestesista.